Licorice Pizza traz o sabor doce, intenso e divertido da paixão na juventude

Licorice Pizza traz o sabor doce, intenso e divertido da paixão na juventude

O amor jovem é uma autodescoberta cheia de possibilidades. Com o clima sonhador, caloroso e vintage, Paul Thomas Anderson cria sua primeira comédia romântica. Licorice Pizza é um filme doce, sentimental e divertido que envolve a todos com sua atmosfera nostálgica, não apenas dos anos 1970, mas da leveza e crises da juventude. No entanto, é claro que o diretor não ia deixar de trazer críticas e abordagens fora do convencional.

Alana trabalha como assistente da equipe de fotografia de um colégio quando conhece Gary, um estudante que se apaixona a primeira vista por ela. Com um diálogo divertido, Gary consegue convencer Alana a jantar com ele e este é o começo de uma relação doce e conturbada, principalmente porque Alana, de 25 anos, e não tem nada em sua vida resolvido, e Gary é um adolescente prodígio de 15 com um negócio próprio.

Licorice Pizza se passa no Valley, Los Angeles no começo da década de 1970 e carrega em seu cenário a memória carinhosa do diretor Paul Thomas Anderson, quem cresceu na região durante este período e onde mora até hoje. O filme conta com uma paleta de cores quente e envelhecida que contribui para com essa áurea de lembrança afetuosa. A escolha criativa de mostrar uma Los Angeles mundana, sem luxo ou glamour, mas simples, leve e divertida também acentua esse ambiente jovem de liberdade e possibilidades.

A história de Alana e Gary funciona quase como contos, pequenas aventuras que transbordam sentimentos com situações absurdas – como Alana dirigindo um caminho de ré em ponto morto pela ladeira – e momentos de profunda conexão – como a ligação silenciosa que os dois dividem, expressando muito sem dizer uma palavra sequer. Alana e Gary são pólos opostos, e o magnetismo dos dois os impedem de ficarem separados por muito tempo, eles inevitavelmente são atraídos para vida um do outro.

Alana Haim, que interpreta Alana (sim, elas possuem o mesmo não e isso não é uma coincidência) é solar em seu protagonismo. Primeiro longa-metragem da caçula da banda HAIM (formada pelas 3 irmãs), Alana nos hipnotiza com sua confiança e vulnerabilidade – exala uma vibe ~cool kids típica californiana sem jamais soar arrogante ou blasé, pelo contrário, irradia um senso de jovem em conflito. Haim, que já trabalhou diversas vezes com Anderson, diretor da maioria dos videoclipes da banda com as irmãs (são perfeitos – palavras de fã apaixonada), surpreende pelo timing cômico perfeito e autenticidade em tela. Suas explosões emocionais são divertidas e desarmam a audiência, o diretor não assume um tom melodramático, mas envelopa as cenas com compaixão. A cena da briga com a família (interpretada por sua família de verdade) é engraçada e doce, nos fazendo gostar ainda mais da personagem.

divulgação | Alana Haim em Licorice Pizza

Licorice Pizza explora a jornada de autoconhecimento de Alana: a jovem tenta diferentes trabalhos, estilos pessoais com looks super variados, testa diferentes personalidades e troca de prioridades conforme busca encontrar o que funciona para ela. De forma sutil, o filme infere que essa jornada é mais complicada para as mulheres: Alana sofre assédio constantemente em seus empregos, e não é levada a sério pelas figuras masculinas no comando – isso fica claro na cena de Jack Holden (Sean Penn – bleh), ator cujo dias de glória ficaram para trás e usa Alana como um acessório para permanecer jovem e atraente (não funciona rs). Alana não sabe quem é, e nem é incentivada a descobrir, trilhando esse caminho sozinha – se não fosse pelo gentil Gary Valentine!

Gary, ao contrário, é um jovem prodígio e destemido que parece ter todas as portas abertas. Interpretado pelo queridíssimo Cooper Hoffman (filho de Philip Seymour Hoffman), o jovem extrovertido é um gentleman, exalando otimismo e confiança. Todos os adultos levam Gary a sério, principalmente porque ele se veste e se comporta como um. O garoto tem uma alma empreendedora e está sempre montando um negócio maluco que, misteriosamente, parece dar certo por um tempo. Além de ter começado a trabalhar ainda criança, a maturidade de Gary vem, também, das suas responsabilidades em casa: o jovem cuida do irmão mais novo e gerencia, junto com a mãe, os negócios da família – ao que tudo indica, o pai é alguém que simplesmente foi embora, deixando o filho mais velho praticamente assumir seu lugar. Apesar dessa postura de vendedor e showman, o jovem encanta por ser doce e praticamente o último romântico da vida de Alana, porém, no âmbito intimista, Gary ainda é apenas um menino.

Correndo pelo Valley, o jovem casal flerta de maneira divertida entre si e o amor cresce de naturalmente. Gary é o caminho que Alana está constantemente evitando, apesar dos flertes, ambos se envolvem com outras pessoas e adotam uma postura “não me importo com você” para evitarem assumirem seus sentimentos. No entanto, é como se o destino dos dois estivesse escrito nas estrelas, e acabam sempre voltando um para o outro.

divulgação | Alana Haim e Cooper Hoffman em Licorice Pizza, dirigido por Paul Thomas Anderson

O romance entre Alana e Gary é problemático quando olhamos para idade dos dois, a personagem inclusive diz que é esquisito e basicamente um crime. No entanto, o tempo se encarrega de diminuir as diferenças a medida que um complementa o outro: Alana não sabe quem é, mas é Gary quem a ajuda descobrir mais sobre si, e Gary é um jovem emocionalmente imaturo que precisa de Alana para mostrar o caminho mais realista e chamar para a responsabilidade (além disso, é muito querido a forma como eles nunca deixam o outro passar por um B.O. sozinho). Licorice Pizza é muito mais interessante pelo sentimento doce e ingenuo que transborda dos personagem, sendo a consumação desse enorme carinho algo irrelevante.

Quem merece destaque pela pequena participação no longa é Bradley Cooper. O ator protagoniza o controverso Jon Peters, cabeleireiro que virou produtor de Hollywood graças, em parte, ao relacionamento com Barbra Streisand (o mundo é um lugar bem aleatório). Cooper volta ao seu tempo de comédia, lembrando um pouco Phill, de Se Beber Não Case. O personagem é um símbolo não apenas de como as coisas eram mais fáceis para um homem branco bem relacionado, como também explora o desequilíbrio e falta de respeito de algumas celebridades (gostaria de dizer da época, mas infelizmente ainda continua).

Na comédia romântica coming-of-age de Paul Thomas Anderson, você nunca sabe para onde a história está de fato caminhando, mas mal pode esperar para ver onde tudo aquilo vai dar e, quando o fim chega, ficamos saudosos querendo passar mais tempo com Alana e Gary. Em um projeto completamente dentro da sua bolha (com amigos e familiares compondo o elenco), PTA faz um filme doce, amável e despretensioso, sem perder sua autenticidade, afinal, essa é uma história que mostra o sabor agridoce do amor.

divulgação | Licorice Pizza dirigido por Paul Thomas Anderson

Veredito!

Protagonizado pelos estreantes Alana Haim e Cooper Hoffman, Licorice Pizza é uma comédia romântica agridoce revestida pela doçura dos personagens. Escrito e dirigido por Paul Thomas Anderson, o filme caloroso, ingênuo e divertido evoca Los Angeles da década de 1970 com nostalgia e simplicidade, recheada pelas aventuras do casal Alana e Gary. Dotados de carisma singular, ambos traçam uma jornada de amadurecimento profunda, marcada por cenas divertidas, absurdas e de afeto que transborda da tela. Sem perder sua identidade, Paul Thomas Anderson cria uma história de amor controversa pela diferença de idade entre o casal, mas trabalha com responsabilidade o tema. Um coming-of-age honesto, vulnerável e divertido, Licorice Pizza prova que o tempo não é algo que separa as pessoas, mas é o responsável por sempre junta-las de volta e, aqui, o longa faz questão de não desperdiçar um só segundo.

Avaliação: 5 de 5.

Indicações ao Oscar 2022
* Melhor Filme
* Melhor Direção
* Melhor Roteiro Original

PS: é OBSCENA a quantidade de cenas deletas que existem no trailer do filme. Paul Thomas Anderson, eu sou uma piada para você? Estou aguardando o senhor lançar a versão estendida, corte do diretor, qual seja a forma de chamar isso hoje em dia, não importa, eu quero TUDO que foi filmado desse filme, estou disposta a comprar o DVD (ainda existe DVD? não sei). Grata.

Olá! Eu sou a Thais Teixeira, especialista em criação de conteúdo e acúmulo diversos cursos geeks, desde crítica de cinema até coisas bem específicas. Adoro escrever e sinto que a leitura é um momento quase meditativo, por isso sou do time #bringtheblogsback!

Twitter | Instagram | TikTok
@withluvthai
Contato:
thaisftr@gmail.com
Anúncios

posts mais recentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

você também pode gostar:

Crie um site ou blog no WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: