5 motivos para assistir – A Noiva Fantasma

Uma das maiores contribuições para o audiovisual feita pela Netflix é o acesso a conteúdos de outros países fora do eixo EUA – Reino Unido. Dentro do vasto catálogo encontramos produções originais de todos os cantos do planeta, como Dark da Alemanha, La Casa de Papel da Espanha, Doramas da Coreia do Sul e, agora, a produção da Malásia, A Noiva Fantasma.

A série de seis episódios retrata a vida de Li Lan, uma jovem bem educada sem a pretensão de casar e cujo pai está passando por dificuldades financeiras. Quando convidados para festa de uma rica família a qual não tem contato há anos e o herdeiro principal acabou de falecer, os dois descobrem o verdadeiro motivo de tal hospitalidade: A mãe, em luto, quer que Li Lan se case com o filho morto, e, assim, resolveria os problemas financeiros da família, e do espírito do falecido. Para incrementar ainda mais o drama da jovem, o crush de infância, e primo do falecido, está de volta!

Uma história bem doidinha, e elenquei cinco motivos do porquê assistir a essa série:

  1. Conhecer um pouquinho da cultura da Malásia

Uma das coisas mais legais em assistir a essas produções é o choque cultural. A Noiva Fantasma se passa na Malásia em meados de 1890, e, cá entre nós, o que sabemos desse período, ou em geral, de um país tão distante do nosso?

A trama é baseada num costume antigo da região e muito conectada com a religião deles. A série usa a fantasia para ilustrar como se dá a crença dessas pessoas, a relação delas com a vida após a morte e as figuras mitológicas que acreditam. As Noivas Fantasmas realmente existiram na história cultural da região, e, mesmo que a série aborde isso de uma perspectiva que mescla com a fantasia, é interessante termos esse olhar distante do cristianismo.

Além do universo das crenças, os costumes e as relações abordadas são bem diferentes do que estamos habituados. Para aqueles que consomem os Doramas já estão familiarizados com o panorama social, mas quem vive de conteúdo ocidental, é mais um choque! Séries que nos tiram do lugar comum ampliam nossa perspectiva e nos auxilia a enxergar melhor a pluralidade do mundo, e, como eu sempre digo, precisamos construir bagagem.

noiva fantasma é de terror

  1. Sobrenatural com vibes de terror

A história é quase um Agatha Christie encontra terror oriental! Não vou mentir, a série tem pequenos momentos de susto e leve medinho, afinal, um dos cenários é o submundo, ou o que chamamos de caminho para o inferno rs. A maneira como ela dá vida a crença da época é didática e superinteressante. Um dos personagens é um guarda celestial, cuja a função é caçar as almas daqueles que estão burlando as regras do pós-morte.

Existem rituais parecidos com os nossos espíritas, pessoas médiuns, criaturas do submundo, oferendas (materiais, não vivas) e tudo que se tem direito. Mas, aqueles que torcem o nariz para fantasia, alerto: nada é exatamente mágico, mesmo esses rituais são explicados e mundanos, de certa forma. Os momentos que dão um frio da espinha são bem pontuais, e a série os mescla muito bem com o suspense e a comédia, então, na soma geral, não é aterrorizante, mas levemente gótica, eu diria haha.

  1. Adaptada de um livro

A Noiva Fantasma é um livro homônimo público pela DarkSide Books e escrito por Yangsze Choo, autora da Malásia! Ou seja, a série tem muita propriedade em trabalhar a cultura local. Não li a obra, mas ela sempre está na minha wishlist e, ao tomar conhecimento que a Netflix iria lançar uma série baseada nela, eu fiz o que os leitores tradicionais mais abominam: fui assistir antes de ler haha – mas ainda quero realizar a leitura!

Pesquisando um pouco sobre o livro é evidente que houveram várias alterações, mas, o grosso, me pareceu o mesmo. Os personagens e os contextos são iguais, mas a série dá uma boa atualizada nos anos 1890, então as relações interpessoais são menos formais. Para atingir um público mais globalizado e construir uma narrativa dinâmica e divertida, acredito que tirar o formalismo foi uma boa escolha.

a noiva fantasma serie netflix

  1. História teen com romances e atrapalhadas

Quando digo que a história se distancia da obra originária, quero dizer que ela se inspira nos nossos amados materiais teens. A história é repleta de clichês que amamos: Li Lan precisa escolher entre o amor ou ajudar a sua família, sente falta da mãe que morreu a algum tempo, se coloca numas situações hilárias. Ficamos engajados com as atrapalhadas das personagens, divididos entre dois personagens potenciais interesses amorosos, enfim, tudo que verdadeiros fãs do universo romance adolescente adoram – só que na Malásia de 1890!

Essa atmosfera teen tem um quê épico e dramático, mas que a série quebra com o terror e a comédia. Er Lang é um dos personagens mais carismáticos da série, e Tian Ching, o falecido, é aterrorizante e desprezível. Descobrir tudo que está acontecendo entorno da morte dele é o suspense da série, mas os episódios, apesar de longos, são muito dinâmicos e a série nos prende demais, seja pelo mistério, seja pela tensão com os romances de Li Lan.

  1. Li Lan é muito forte e destemida

Escrita por uma mulher, a série conta com uma personagem feminina muito bem desenvolvida. Logo nos primeiros minutos vemos que ela é a clássica rebelde: não pensa em casar e tem outros planos, para a revolta de Ama. Li Lan não se encaixa nas expectativas das mulheres da época, mas está disposta a se sacrificar pelo bem de seu pai. A relação dos dois é complexa e delicada e um dos melhores pontos da trama.

Li Lan é curiosa e ousada, não se deixa levar por manipulações e faz o que é preciso pelo bem-estar geral. É muito divertido acompanha-la na aventura, e ela conquista rapidamente a empatia do público com sua espontaneidade e personalidade. Ela não hesita em pedir ajuda, o que é uma verdadeira qualidade de um herói, e é cheia de defeitos também: teimosa, impulsiva e tal haha.

noiva fantasma critica

A Noiva Fantasma não é o auge da qualidade audiovisual, mas é uma série bem gostosinha de maratonar e aliviar a cabeça. Assisti aos seis episódios de uma vez, de tão investida que fiquei e ela mexeu muito com meu coração. É de baixo orçamento, então não tem por que esperar mega produções, mas uma história boa, divertida, rica e com grandes reviravoltas. O suspense nos deixa desconfiados até da sombra da Li Lan, e os vários clichês são um alívio numa aventura tão sombria. A série é uma nota 7 ou 8, mas no meio de tanta coisa meia-boca que investimos o nosso tempo, essa é uma que nos agrega novas crenças, costumes e estilos artísticos diferentes.

BÔNUS: A direção de arte é linda, os figurinos são encantadores, a composição das cenas e dos objetos, tudo muito caprichado.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s